Vitor Ishiy surpreende todos os favoritos e chega ao inédito título do Campeonato Pan-Americano

08/09/2019 22:34

Brasileiro tem desempenho irretocável no último dia do torneio e leva o ouro. Mesa-tenistas do país conquistam mais duas pratas e um bronze

FOTO: Vitor Ishiy foi o grande campeão no Paraguai. Crédito: ITTF.

 

Assunção (PAR), 08 de setembro de 2019.
Por: Assessoria de Imprensa - CBTM

O brasileiro Vitor Ishiy foi o grande vencedor do torneio individual do Campeonato Pan-Americano de Tênis de Mesa, em Assunção, no Paraguai. Neste domingo (8), ele bateu o argentino Gaston Alto, na decisão, por 4 a 1 (9/11, 11/3, 14/12, 11/4 e 11/7). No feminino, Bruna Takahashi foi vice-campeã individual, enquanto Gustavo Tsuboi ficou com o bronze no masculino. No torneio de duplas masculino, Tsuboi e Eric Jouti ficaram com a prata.

Ishiy, de 23 anos, foi uma grata surpresa no torneio individual. Não estava entre os grandes favoritos e foi superando vários adversários tradicionais da América do Sul. Na semifinal, teve pela frente o colega de equipe, Gustavo Tsuboi, 28° do mundo. Em um jogo muito longo, chegou a estar perdendo por dois sets a zero, foi buscar o empate, perdeu o quinto e novamente conseguiu o empate. O set decisivo foi muito disputado e decidido no finalzinho, a favor de Ishiy: 4 a 3 no placar (6/11, 10/12, 11/6, 11/7, 10/12, 11/3 e 11/9).

Pouco mais de 70 minutos depois do fim da semifinal, ele encarou o argentino Gaston Alto, mais um experiente atleta do Circuito Mundial. Jogo equilibrado na primeira parcial, com o argentino vencendo no final. No segundo set, Ishiy aproveitou um momento de desconcentração do adversário e venceu com folga, por 11 a 3. Na terceira parcial, o equilíbrio voltou e Ishiy teve frieza nos momentos decisivos, quando estava em desvantagem, e acabou conquistando uma vitória importante, por 14 a 12.

Novamente desconcentrado, por conta de discussão com a árbitra da partida, o argentino Gaston Alto se perdeu no quarto set e Ishiy deu um grande passo para garantir o título, vencendo por 11 a 4. Na quinta parcial, Ishiy já era absoluto na mesa. Foi confirmando os serviços e conseguiu chegar ao título inédito.  

“Foi uma surpresa, nunca havia chegado além das quartas de final no Pan-Americano. Desta vez, cheguei na final, e sabia que ia ser duro, Gaston é um grande jogador. Faz cinco anos que jogo torneios na América e ele sempre conseguiu me vencer por causa da maior experiência. Mas consegui evoluir na Europa e conquistei este grande resultado”, disse Ishiy, que mostrou muita frieza no torneio, contra adversários com muita experiência.

“Não sei se estava tranquilo, mas estava muito focado. Queria deixar meu agradecimento a todos os que torceram por mim e aos meus familiares”, disse o campeão.

Outras medalhas

No feminino, Bruna Takahashi ficou com a medalha de prata. A número 53 do mundo, medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos, teve grande desempenho no torneio, mas deixou escapar o ouro na partida decisiva.

Assim como aconteceu em quase todo o Campeonato Pan-Americano, Bruna foi superior na mesa contra a norte-americana Yu Wue, vencendo por 4 a 1 (11/5, 11/7, 10/12, 11/8 e 11/9). Na decisão, contra a norte-americana contra Lily Zhang, a brasileira encontrou uma adversária em uma noite perfeita. Começou bem o jogo, abriu três pontos na primeira parcial, mas permitiu a virada. No segundo set, Zhang controlou a partida e abriu 2 a 0. Bruna fez um terceiro set ruim, reagiu no quarto e brigou até o final, mas acabou superada por 4 a 0 (11/8, 11/7, 11/3 e 11/9).

O Brasil também garantiu medalha no torneio de duplas masculinas. Eric Jouti e Gustavo Tsuboi, tradicionalmente com resultados expressivos nos torneios de duplas do Circuito Mundial, ficaram próximos do ouro no Campeonato Pan-Americano, mas acabaram conquistando a prata.

Na semifinal, no início da manhã, Tsuboi e Jouti tiveram ótimo desempenho contra os chilenos Gustavo Gomez e Juan Lamadrid, por 3 a 1 (11/5, 11/9, 9/11 e 11/6). No início da tarde, enfrentaram os argentinos Gaston Alto e Horacio Cifuentes, na decisão do torneio. Fizeram um bom primeiro set, permitiram a virada dos argentinos e estiveram perto de empatar o confronto no quarto set, mas acabaram caindo por 3 a 1 (11/8, 7/11, 5/11, 9/11).

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa