PELOS ESTADOS - Gaúchos e catarinenses fazem intercâmbio em São Bento do Sul

08/03/2018 13:15
Troca de informações e confraternização foi um dos objetivos do encontro na cidade catarinense
 
Crédito da Foto: Divulgação/FTMRS
 
Rio de Janeiro (RJ), 08 de março de 2018.
Com informações da Federação de Tênis de Mesa do Rio Grande do Sul
 
O tênis de mesa sempre foi um esporte agregador, unindo famílias, cidades e um país inteiro. Com este espírito, dois dos principais centros da modalidade no país, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, se reuniram para uma clínica e intercâmbio. Foi na acolhedora São Bento do Sul (SC).
 
O técnico e presidente da Federação Gaúcha, Jorge Fanck, viajou para ministrar alguns treinos a convite do técnico Stuart Hoffmann. Juntamente com Fanck, foram quatro atletas. Três da Sogipa (Murilo Bandeira, Bruno Bandeira e Henrique Loge) e João Model (Acenb-Ivoti). Os mesa-tenistas gaúchos juntaram-se a vinte catarinenses sob o comando do técnico Stuart.
 
No segundo dia de intercâmbio, os atletas tiveram atividades em dois turnos. No último dia, um treino mais abrangente para todos colocarem em prática os ensinamentos dos dias anteriores. O evento teve como principal objetivo proporcionar a troca de informações de atletas e treinadores. Segundo Fanck, uma experiência bastante produtiva em termos de aprendizado:
 
“Foi incrível. Para atletas, técnicos e familiares. Mais intercâmbios como este deveriam ser organizados Brasil a fora, compartilhando conhecimentos. Vamos tentar repetir outras vezes”, destacou o técnico, lembrando que depois dos dias de treino houve uma confraternização com o tradicional churrasco, incluindo familiares dos atletas.
 
O evento teve nota 10 no quesito agregador. Os gaúchos ficaram hospedados nas casas de alguns catarinenses, sendo muito bem recebidos pelos anfitriões. Incluindo aos ensinamentos sobre tênis de mesa, noções e peculiaridades das duas regiões.
 
“O intercâmbio em São Bento do Sul foi bastante proveitoso, pois pudemos treinar e jogar com atletas nas nossas categorias. E tivemos a visão de dois técnicos qualificados. As pessoas de lá nos acolheram muito bem, o que tornou o intercâmbio ainda melhor”, comentou Murilo Bandeira, atleta da Sogipa.
 
O técnico Stuart Hoffmann também ressaltou a importância do intercâmbio: “Foi super válido. O Jorge conseguiu agregar aos treinamentos sua experiência em viagens e eventos internacionais. Os atletas gaúchos evoluíram muito, são jovens de bom nível técnico. Acredito que esta parceria tem tudo para dar certo. Sou muito grato ao Jorge pelo apoio nestes dias de treino”, finalizou o treinador catarinense.
 
Já pensando em próximas oportunidades como esta, a FTMRS tem como objetivos apoiar e incentivar atividades neste âmbito em prol do crescimento do tênis de mesa. “Agradecemos aos amigos de São Bento do Sul pela acolhida e troca de conhecimentos”, concluiu.
 
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 
 
Siga a CBTM nas redes sociais:
 

 Facebook  Twitter  Instagram