Copa Tango: Com novidades, Brasil busca manter bom desempenho na competição

18/11/2017 20:38

Seis atletas vão disputar primeira competição internacional. Grupo verde e amarelo, por outro lado, também conta com nomes conhecidos

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 18/11/2017

Foto: ITTF

A Copa Tango, tradicional competição de para tênis de mesa, terá início nesta segunda-feira (20) com uma grande delegação brasileira. O grupo verde e amarelo, que contará com 44 atletas, terá mais uma chance de provar a boa fase do tênis de mesa paraolímpico do país e com novidades.

O torneio vai acontecer em Buenos Aires, na Argentina, e vai até o dia 24, tendo disputas masculina e feminina individuais e por equipes.

Aline Ferreira, Juliana Cristina Silva, Marliane Santos, Eric Reis, Goutier Rodrigues e Alexandre Kavazoi vão participar pela primeira vez de uma competição e, com isso, vão fazer as respectivas classificações funcionais.

Por outro lado, alguns nomes da delegação brasileira são velhos conhecidos da torcisa e estiveram nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, como Thais Severo (Classe 3), Aloisio Lima (Classe 1), Iranildo Espíndola (Classe 2), Guilherme Costa (Classe 2), David Freitas (Classe 3), Paulo Salmin (Classe 7), Luiz Manara (Classe 8), Diego Moreira (Classe 9) e Carlos Carbinatti (Classe 10).

Além deles, Carla Maia e Fabíula Pinto (Classe 2), Maria Luiza Passos e Soraia Alvarenga (Classe 5), Simone Vieira (Classe 7), Elem Silva (Classe 8), Conrado Contessi (Classe 1), Lacordaire Viana (Classe 2), Jean Carlos Padilha (Classe 3), Ecildo Oliveira, Ivanildo Freitas, Alexandre Ank e Leoncio Filho (Classe 4), Gerson Hintz, Chang Ya Ming e Renato Santos (Classe 5), Luiz Henrique Medina (Classe 6), Felipe Formentin (Classe 7), Francisco Wellington de Melo, João Fernanto Junior e Nilson Oliveira (Classe 8), Mario Luis Ribeiro, Guilherme Ifanger, Erik Higa, Reginaldo Gomes e Flavio Alberto Conceição (Classe 9), Basilio Fernando Oliveira, Alexandre Alfon e Lucas Carvalho (Classe 10).

Na edição do ano passado, o Brasil conquistou cinco medalhas, sendo três de prata e duas de bronze. 

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br