Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa proporcionará ‘experiência’ fora das mesas

11/12/2019 15:21

Cursos e reuniões tiveram início na segunda-feira e seguirão até sábado, em simultâneo ao campeonato, no CT Paralímpico

FOTO: Michel Gadal (centro), observado pelo técnico da Seleção paralímpica Raphael Moreira (esq.) e o atleta Israel Stroh (de costas). Crédito: Júnior Martins/Especial para a CBTM.

 

São Paulo (SP), 11 de dezembro de 2019.

Por: Júnior Martins/Especial para a CBTM

Uma nova proposta começará a ser implantada nos campeonatos nacionais de tênis de mesa e o primeiro teste ocorrerá no 53° Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa Interclubes 2019, realizado de 11 até 15 de dezembro, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, na cidade de São Paulo (SP), que consiste em desenvolver um conjunto de atividades paralelas ao campeonato para gerar valor e ampliar a experiência do público consumidor do tênis de mesa.

Conforme o gerente de marketing da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), João Gabriel Leite, que assumiu o cargo no início de novembro, a ideia é oferecer mais serviços e melhorar a experiência do público. Segundo ele, além da competição em si, os campeonatos passarão a proporcionar ativações e mais vivências para atletas, familiares, torcedores, professores, gestores e demais membros envolvidos com essa modalidade esportiva.

“Pensando nisso, nós organizamos um local para as pessoas terem atividades de entretenimento e, além disso, também haverá uma extensa programação de treinamentos, cursos e reuniões para compartilhar conhecimentos técnicos e de gestão. Teremos, por exemplo, nas atividades de entretenimento, um lugar com massagens, com minimesas de tênis de mesa e com uma pista de floor curling, que é para praticar uma versão sem gelo do curling”, conta o gerente, João Leite.

Dentro da programação de capacitações, que se estende até sábado (14), há cursos com o consultor técnico internacional, Michel Gadal, com o classificador funcional internacional e fisioterapeuta da seleção paralímpica, Luiz Gustavo Amorim, com o técnico da seleção brasileira paralímpica, Raphael Moreira, com grupos de estudos da USP e da Unicamp e também com a Sensorial Sports, entre outros. E muitas reuniões técnicas com clubes, técnicos e federações.

Para o consultor técnico internacional, o francês Michel Gadal, que foi treinador nacional da França e do Canadá e, como treinador, conquistou medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1992 e medalhas de ouro nos Jogos Pan-americanos e Campeonato Europeu, entre outras, as capacitações são indispensáveis para refinar as técnicas. E, segundo ele, que ministra o curso ‘Preparação para Grandes Competições’, os mesa-tenistas brasileiros estão em nível elevado.

“Abordei exercícios capazes de provocar o autoconhecimento. Fazem os atletas conhecerem suas próprias fraquezas e forças para poderem se preparar melhor para as competições. Por exemplo, sobre o posicionamento da bola, apesar da mesa ser grande, há atletas que fazem uso de apenas uma parte da mesa, focam as bolas no centro e não usam as partes mais próximas das linhas laterais e de fundo, onde fica mais difícil para o oponente reagir”, explica o técnico, Gadal.

Uma das atletas beneficiadas com as capacitações, a mesa-tenista paralímpica Classe 9, Jennyfer Marques Parinos, de 23 anos, representante de São Paulo, aprova a ideia dos cursos. Ela diz que: “Por termos uma rotina diária de treinos, isso acaba nos colocando no automático. Por isso é sempre muito bom receber dicas de professores diferentes. Aqui mostraram estratégias de como posicionar ou colocar as bolas e também falaram sobre tempos de reação”, avaliou.

PROGRAMAÇÃO:

Quarta-feira (11)

Das 09 às 18h – Curso de Classificador Funcional;

Das 14 às 16h – Reunião de Federações;

Das 16 às 17h – Reunião sobre Polos de Desenvolvimento Regional;

Quinta-feira (12)

Das 09 às 18h – Curso de Classificador Funcional;

Das 10 às 12h – Desenvolvimento do Esporte Paralímpico;

Das 14 às 16h – Reunião do Conselho de Administração da CBTM;

Das 17 às 18h – Reunião do Comitê Executivo;

Das 19 às 20h30 – Reunião da Comissão de Atletas;

Sexta-feira (13)

Das 09 às 12h – Capacitação em Gestão e Marketing Esportivo;

Das 09 às 18h – Curso de Classificador Funcional;

Das 13h30 às 15h30 – Competências e Desenvolvimento do Treinador Esportivo;

Das 15h30 às 16h30 – Neurociência aplicada a Melhoria da Performance Esportiva;

Das 16h30 às 18h – Convenção sobre o Novo Modelo de Eventos e Ranking CBTM 2020;

Sábado (14)

Das 09 às 11h – Apresentação sobre o Modelo de Seleções e Desenvolvimento do Tênis de Mesa;

Das 14 às 15h – Reunião da Comissão de Clubes;

Das 15 às 16h – Reunião da Comissão de Técnicos;

Das 16 às 17h – Reunião da Comissão de Árbitros;

Das 17 às 18h – Reunião de Veteranos;

Das 19 às 20h – Premiação Melhores do Ano.

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa