Bruna Takahashi e Guilherme Teodoro estão classificados para as oitavas de final dos Jogos Olímpicos da Juventude

08/10/2018 21:45

Brasileiros conquistam três vitórias no segundo dia de competições em Buenos Aires e garantem a vaga entre os 16 melhores

FOTO: Guilherme Teodoro obteve a classificação nos Jogos. Crédito: ITTF.

 

Buenos Aires (ARG), 08 de outubro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

O Brasil terá a presença de seus dois mesa-tenistas nas oitavas de final dos Jogos Olímpicos da Juventude. Nesta segunda-feira (8), no Parque Tecnópolis, em Buenos Aires (ARG), Bruna Takahashi e Guilherme Teodoro conquistaram três vitórias e se garantiram na fase seguinte.

Bruna foi a primeira colocada do grupo G da disputa feminina. No final da manhã, derrotou a polonesa Anna Janina Wegrzyn, sua principal adversária no grupo, por 4 a 0 (11/6, 11/5, 11/4 e 11/6). Algumas horas depois, bateu a fijiana Grace Rosi Yee, também por 4 a 0 (11/7, 11/1, 11/3 e 11/6), conquistando a terceira vitória no torneio, sem perder um único set.

A adversária de Bruna nas oitavas será a sérvia Sabina Surjan, 275ª colocada no ranking adulto e quarta colocada no ranking Sub-18. A partida está marcada para 12h15 (horário local e de Brasília).

Guilherme Teodoro também não decepcionou. No jogo que decidia uma vaga nas oitavas, superou o australiano Benjamim Gould, por 4 a 0 (11/4, 11/7, 11/6 e 11/9). O brasileiro terminou em segundo lugar no grupo A, com duas vitórias e uma derrota.

Teodoro terá uma pedreira nas oitavas de final. Depois de enfrentar o oitavo do ranking mundial adulto, ele encara outro dos melhores atletas jovens da atualidade, o americano Kanak Jha, 67º do ranking adulto e segundo colocado do ranking Sub-18. O confronto acontece às 11h30.

“Os dois atletas foram muito bem nesta primeira fase. A Bruna conseguiu manter a concentração em todos os jogos e foi muito segura em todos os aspectos. Teodoro teve a oportunidade de jogar contra o Harimoto, top-10 adulto, fez um bom jogo, sentiu a dificuldade de enfrentar um jogador desse nível, mas com certeza valeu a experiência. Agora é tentar manter o foco e a concentração e jogar o melhor nível deles nessa segunda fase”, analisou o técnico Nelson Kusuoka.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa